x Perfil

BRASIL, Norte, Mulher, de 15 a 19 anos, Portuguese, French, Livros, Arte e cultura, musica
Yahoo Messenger - assiralcss@yahoo.com.br





x Links
- Alex
- dicionario
- Sebo
- Musica
- Alex Diario
- Diabinho
- Aspirina
- Fabinho



x Votação

- Dê uma nota para o meu blog
- Indique este blog


x Contador

x Histórico

- 16/12/2007 a 22/12/2007

- 18/11/2007 a 24/11/2007

- 07/10/2007 a 13/10/2007

- 30/09/2007 a 06/10/2007

- 23/09/2007 a 29/09/2007

- 19/08/2007 a 25/08/2007

- 08/04/2007 a 14/04/2007

- 25/03/2007 a 31/03/2007

- 18/03/2007 a 24/03/2007

x Créditos




   Uma noite deitei na calçada de casa e fiquei lá, algum tempo, então resolvi questionar, porque os anos de nossa vida são tão injustos? As estrelas vivem tanto, e nós vivemos o mesmo que alguns segundos para elas, e porque não podemos nem mesmo ter a capacidade de chegarmos até lá, quando a gente é criança pensa tanta coisa, queria eu poder perguntar para uma estrela o segredo de sua longevidade.

   Nós não vivemos nem mesmo o suficiente para fazermos tudo que sonhamos, sim, porque a cada ano que passa nossa lista de sonhos cresce, e não podemos tornar todos realidade, eu acredito que se sonhamos e corremos atras podemos conseguir tornar um sonho realidade, mas com tão poucos anos, se torna até injusto, até difícil de pensar, meu amigo disse que desistiu de pensar assim, porque ficaríamos loucos e é inútil, então cheguei a conclusão que quero viver e me tornar muito mais que uma lembrança, quero fazer algo que seja lembrado, poxa como assim? Não é tão fácil como se imagina, resolvi escrever minha vida, resolvi guardar um pouquinho de mim, quem sabe alguém não leia e pense, não sei pense o que tiver de pensar, naquele exato momento.

   Não escrevo para ninguém comentar, e muito menos se sentir obrigado em escrever algo para mim, se você estiver apenas lendo, já será algo muito importante.

   Então espero ter sido clara, e que meu raciocínio tenha servido para pensar. Pois essa é a finalidade dos meu escritos, fazerem pensar, se eu estivesse morta, assim me sentiria feliz sendo lembrada.

 

(ouvindo james blunt)

 



- Postado por: jossy_lu às 21h37
[ ] [ envie esta mensagem ]






Mar, Chuva, Céu

E eu virei pó...

O vento me levou

E eu fui

Me separei...

O que foi bom ficou

O que foi ruim apagou então me chamaram

Eu encontrei

Minúsculas partículas,

Como areia...

Largaram na beira do mar,

Não encontrei mais abrigo,

E a chuva veio cantando

Me levar...

Na areia me molhar

O céu, a chuva, o mar

Se tornaram um...

Mas eu era um cisco

No meio da paisagem,

Resolvi me misturar

E renascer.

 



- Postado por: jossy às 22h03
[ ] [ envie esta mensagem ]






...Sonhos, Lembranças.

 

Deitei, e revirando meus papeis antigos encontrei uma foto não era nem azul nem laranja, nem preto nem branco, nem contente ou infeliz, eram apenas assim, me davam medo e pavor.

  Era retrato antigo, que remoia minhas mágoas, era saudade abafada, felicidade escancarada. Era sorriso eterno, um brilho secreto.

  Me fizeram pensar.

  Me fizeram chorar.

  Era lembrança, saudade, alegria, maldade sorria! Infância, juventude, tudo junto em sua plenitude.

  Então quando acordei, refiz sentidos, e levantei, peguei minha estrada traçada e apenas caminhei.

 



- Postado por: jossy às 21h10
[ ] [ envie esta mensagem ]






eu Realmente Não Sou Assim

  Eu cresço e cada dia que passa me descubro, como o nosso comportamento muda ao longo do tempo, e até me envergonho de algumas infantilidades. Dou risada e aprendo, não digo que me arrependi das coisas que fiz, apenas não as fiz direito. Mas tenho o consolo que todos fazem errado e concertam nessa vida. Já fiz muita coisa que poderia ter sido diferente, mas não me massacro por isso, oq importa é que eu vivi.

  Rasgar minhas cartinhas de amor, eu descobri que um dia elas vão fazer falta quando quiser consolo das lembranças. Ter chorado por quem não merecia, lágrimas são como pedras preciosas, não se entrega a um alguém que não saberá administra-las. Mas gastar sorrisos, eles enchem nossa vida e eu acredito que nos ajudam a viver. É certo que não são todos os dias que queremos sorrir, as situações muitas vezes não ajudam, mas saiba que nem todos tem culpa. Ame, ame sua família, seus amigos fiéis, não entregue seu coração para primeira frase de conforto na hora da carência. Se apaixone, nem que seja por uma questão de horas, um dos combustíveis do coração é a paixão, ela nos faz sorrir...

  Acredite em você...as vezes, talvez a maioria delas seja difícil ou até pareça impossível, mas a única pessoa que pode fazer acontecer é você, faça suas escolhas, pense em como você é capaz. E sonhe, o sonho é um passo para as conquistas mesmo que distante, sonhe, acredite, lute um dia vai conquistar. As coisas conquistadas com suor e luta tem sabor de “bolo de chocolate”.

  Mude o “visual”, nunca mude seu eu, seu jeito...as pessoas por pior que sejam, sempre tem um tesouro dentro de si, então não as culpe por serem assim, talvez elas apenas não o encontraram ainda.

  Não é fácil, eu nem quero que isso seja um manual de sobrevivência, estou revendo meus conceitos, tente rever os seus...de vez em quando você transforma sua alma sem mesmo perceber.

  E isso te faz ver como é bom você ter um lápis e um papel nas mãos.



- Postado por: jossy às 20h54
[ ] [ envie esta mensagem ]